Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Voltaste!


Voltaste, voltaste pelo silêncio da noite, apanhaste-me desprotegido, sozinho, sem ninguém do meu lado para me ajudar! Até então estava tão bem…

Quando te vi aproximar de mansinho, decidi desligar o computador, acendi a televisão, não estava a dar nada de jeito, desliguei-a e deitei-me! No escuro do meu quarto, apenas eu e tu que voltaste!

Começaste por te mostrar, bem levezinha no meu peito, carregando-o a cada minuto que passava!

Ò dor maldita…porque voltaste!

Agarrei-me ao meu travesseiro e deixei-me estar, procurando nele o refúgio que apenas os braços de um amigo poderiam dar naquele momento! O sono não aparecia, mas tu, fazias-te sentir cada vez mais!

Uma lágrima rolou…com ela, mil e um motivos que hoje me consomem!

Saudades…A saudade do que foi um dia, momentos, únicos que passaram na minha vida e teimam em ficar na memória! Viverei algo igual novamente?

Confuso…Poderei ser feliz um dia, num “mundo” tão cruel?

Medo…O medo de seguir em frente neste projecto, direi o sim, é agora ou nunca, mas estarei preparado para esta mudança?

Tristeza…Vejo a tristeza nos olhos da minha mãe, por me ver partir sozinho! Perdoa-me mãe!

Orgulho…estou orgulhoso de mim mesmo, finalmente o realizar de um sonho! Mas, mais uma vez, estarei preparado?

Sozinho…estou a sentir-me muito só, neste momento, apenas eu e esta dor que teima em ficar!

Passei horas acordado, desesperando, não encontrei modos de te arrancar do meu peito! Porque tinhas que voltar, quando pensei ter conseguido mandar-te embora para sempre? Porquê? Tenho andado tão bem…

No silêncio do meu quarto, apenas eu e tu!

Dei voltas e mais voltas na cama, entre soluços e lágrimas adormeci!

 

Mais uma noite em que desabei, tirei a máscara, o sorriso e dei forma à dor!

 

Hoje…bem hoje o acordar foi diferente, a dor foi embora! Cheio de força e energia levantei-me para mais um dia de trabalho! Sigo em frente…não quero voltar atrás!

Apenas espero que a dor me dê tréguas!

O Olhar de Gaybriel...

 

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2