Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Sentir a falta...

10.10.16

20160829_204533.jpg

Todos nós já sentimos a falta de alguém! Verdade…
Mas quando essa falta nos condiciona o nosso modo de vida, deixamos de ser nós próprios para passarmos a viver em função de algo ou alguém!
Tenho em mim constantemente a ideia errada de que tenho de marcar presença para ser notado e lembrado, esquecendo-me de ficar ausente, impercetível, quem sabe, para ver se alguém sentiu a minha falta!
Erradamente chego a pensar que se me ausentar, não a irão sentir nem sequer procurar-me, ora, será que preciso de melhor resposta do que esta?! Se não procurarem, se não sentiram a minha falta é porque nunca fui importante e se não o fui para quê marcar presença?
É uma questão ambígua, com diversas interpretações…
O melhor mesmo será…
Se queres que sintam a tua falta, afasta-te mas não muito tempo e quando te aproximares de novo entrega o pouco para que sintam falta de um todo!
Se acabares por perceber que não és importante? Procura então quem te dê o devido valor e mereça a tua companhia sem serem precisos afastamentos e afins.
Mas, e quando sentes a falta de alguém que faz por não estar presente?
Qual a melhor atitude?
Mendigar?
Muitas vezes temos que nos pôr do outro lado e dar-lhes a entender que sentimos a falta!
Mas quando isso não muda a atitude, poderemos também tirar daí a certeza que a importância que dá-mos a alguém, nem sempre é a mesma que nos dão a nós!
E existem tantos caminhos livres por aí…

Carlos

20 comentários

Comentar post

Pág. 1/2