Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Saudades...


 


Tenho saudades tuas!

Será mau admitir isso perante ti? Será o melhor caminho? Não sei…

Apenas sei que não posso calar esta voz que me sai do coração, que faz estremecer todo o meu ser… Lamento, mas apenas te digo o que sinto!

Saudades, aquela saudade que ao mesmo tempo me faz ficar cabisbaixo, com uma sensação de ciúmes de quem possa estar do teu lado, saudade que faz bater mais forte o meu coração…coração tão frágil!

Um amigo hoje perguntou-me…

-Estás apaixonado?

Prontamente eu respondi…

-Não, não estou…

- Como podes então falar de uma forma tão especial de alguém?

O meu sorriso desapareceu no momento, não consegui sequer pronunciar uma palavra…

Será?

Não, não quero…não posso!

Se assim for, eu próprio me afastarei de ti…Acredito que o conseguirei fazer, hoje, aqui e agora!

Não quero mais ver-te…

Mas tenho saudades tuas!

Saudades que começam a mexer comigo, vontade de estar contigo, abraçar-te, olhar-te, conversar contigo…apenas isso!

Eu alimento-me da tua presença e do teu sorriso…

Quando estou contigo, transmites-me boas energias e regresso a casa renovado, é incrível como me fazes bem!

Mas e quando não estou contigo?

Quando sei que tens amigos e que não podes ver-me?

Quando sais sem mim….

Ai que estou a ficar mal habituado!

Tenho saudades tuas!

Vens tomar café comigo hoje ao anoitecer?

Espero que sim…


Gaybriel...

36 comentários

Comentar post

Pág. 1/4