Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Rosa nude

b0bef16fc6640b98676083a8adff08f9.jpg

O meu gajo trabalha numa loja de bricolage e são muitas as vezes que me traz histórias novas para contar. Momentos hilariantes, outros nem tanto, mas no atendimento ao público todos os dias é um novo dia e sempre diferente do anterior daí que são imensas as situações que ocorrem e que umas vezes o deixa com os nervos à flor da pele, outras vezes numa gargalhada geral.
Esta que vos vou contar, ocorreu estes dias…
Num dos sectores, um colega dele foi abordado por uma cliente chiquérrima que se fazia acompanhar com o namorado:
- Boa tarde.
- Boa tarde em que lhe posso ajudar?
- Ando a ver uma tinta para pintar o meu quarto!
- Já tem alguma ideia?
- Sim, sim, queria uma cor suave, tipo um rosa nude…
- Rosa nude? Desconheço minha senhora, mas temos aqui o catálogo das cores, ajude-me a identificar a cor que deseja.
A cliente pega no catálogo e ao fim de um minuto!
- Não estou a encontrar! O senhor não está a ver, rosa nude é a cor da moda, muito utilizado em decoração de interiores.
-Desculpe minha senhora, mas se não encontra no catálogo, pelo nome eu também não chego lá.
Nisso dispara ela:
- Tem internet?
- Sim temos.
- Procure no Google…
- Como deve de entender não podemos utilizar o motor de busca como ferramenta de trabalho…
- Ah é só para ver o tom da cor!
Nisso o funcionário acede ao pedido da cliente e pesquisa o termo Rosa Nude na internet.
Aparecem vários sites de batons e vernizes e de moda!
- Clique em imagens meu senhor…
- Ups….não me parece que seja isto que procura! – atira o funcionário, petrificado a olhar para o monitor.
- Ai desculpe, não era nada disto. – e retirou-se envergonhada!
Enquanto isso o funcionário despacha-se a fechar a página, pois a pesquisa rosa nude devolveu-lhe imensas imagens de mulheres nuas, erotismo e pornografia até!

Será que a cliente estava a querer-lhe dizer alguma coisa mais?
Adorava ter visto a cara dela e do namorado.

Carlos

22 comentários

Comentar post

Pág. 1/3