Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Paz podre!

03.11.16

02096f6b92c1840fa3485a9285e00fcf.jpg

Por estes dias é assim que me sinto, a viver uma paz interior, que lhe deva chamar podre!

E podre porquê? Porque não é de todo verdadeira e sinto não estou a ser sincero comigo mesmo!
A verdade é que sempre me cingi por um fio condutor, povoado por objetivos e sonhos, uns alcançados outros não, mas que acabou por fazer de mim o homem que hoje sou! O fio da vida, uma linha à qual sempre me agarrei…
Confesso que não tem sido uma vida retilínea, houveram curvas que quase me fizeram desistir, outras com as quais aprendi muito, mas a experiência sempre me ensinou que as curvas apenas seriam pequenos percalços facilmente ultrapassados.
Só que neste momento sinto que entrei numa dessas curvas bem apertada que me fizeram perder o rumo e pior, o rasto ao fio condutor pelo qual sempre me guiei e muito embora tudo pareça estar bem, no fundo não, não está!

Carlos

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/3