Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

O "peso" das emoções...

15.09.15

Peso-pesado-teen.png

Já lá vão uns bons anos, ainda morava em casa da minha mãe, que troquei a RTP ou a SIC pela TVI. Julgo que o momento de viragem terá sido mesmo a estreia do Big Brother há cerca de 15 anos. Depois disso, as novelas, o jornal nacional, aos poucos cativaram-me e levaram-me a ter a televisão sempre ligada nessa estação.
Nestes últimos anos sigo religiosamente os programas de domingo à noite e quando falamos de Secret Story, chego a vibrar tanto ou mais que os concorrentes. No entanto este ano lembraram-se de que iriam ressuscitar a Quinta, e enquanto não estreia os domingos cá em casa são passados a ver os Pequenos Gigantes que depois de uma estreia em nada animadora, lá acabou por me chamar a atenção.
A par desse programa, a SIC decidiu lançar a versão teenager do programa Peso Pesado. Confesso, nos intervalos do programa da TVI íamos fazendo zapping , mas não conseguimos ter noção da realidade do programa. Assim ontem à noite o meu companheiro puxou a emissão atrás e vimos na íntegra o programa da Bárbara Guimarães.
Eu a ver a SIC?! Sim até eu me admirei…
É verdade que hoje em dia as televisões são peritas em mexer com as emoções de quem assiste aos programas e conseguem fazê-lo com êxito.
Olhei para cada um daqueles jovens, obesos, o mais forte com cerca de 173 kg e não pude deixar de me emocionar com as lágrimas  que todos eles deitavam ao falarem das dificuldades do dia-a-dia. Os episódios de bulliyng partilhados, a falta de mobilidade que lhes impedia o simples gesto de apertar os atacadores das sapatilhas. Fiquei com tanta pena deles…
Eu sei que muitas vezes os pais são os principais culpados por deixarem os filhos chegarem àquele estado, eu sei que os próprios também são culpados por se deixarem dominar pelas comidas de plástico, por não saberem parar, dizer basta, colocar um ponto final…mas 175 kg; 140 kg; 100 Kg?! Tanto…
Espero que ao contrário de muitos ex-concorrentes das edições adultas, estes emagreçam e consigam manter um plano para não voltarem ao ponto inicial. Há pouco tempo uma revista falou com muitos dos antigos alunos do ginásio do Peso Pesado e quase todos recuperaram os quilos que perderam, outros ultrapassaram até. Torço para que estes jovens que iniciaram a aventura este domingo terminem com o peso que anseiam, ao eliminar os quilos a mais, ganham mais saúde, auto-estima e qualidade de vida.

Carlos

2 comentários

Comentar post