Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

O meu porto de abrigo...

18.09.15

largue.jpg

 

"Tantos caminhos percorridos, tantas histórias vividas, tantas lágrimas choradas, mágoas profundas, sem no entanto te ter encontrado...o meu porto de abrigo!

Tantos gritos de dor, tantas dúvidas no interior, tantas vezes implorei aos céus, tantas vezes sem resposta, continuo no entanto, sem...o meu porto de abrigo!
Tantos sonhos se formaram, todos eles sem realização, ideais, ideias, projectos, todos eles afinal...sem um porto de abrigo!

Como eu queria que estivesses agora aqui, anjo que sonhei para mim, com teu abraço, o teu colo, dando conforto à minha dor, dissipando todas as dúvidas!
Como eu queria que estivesses agora aqui, com teu beijo me acalmasses, me iluminasses com o teu olhar, e com as tuas palavras me confirmasses.
'Sim sou eu, sou eu o teu porto de abrigo!'
Mas,onde estás?"
Carlos
, 12 de janeiro de 2006

Estas palavras foram escritas por mim no inicio de 2006, na altura sonhava pelo meu porto de abrigo, alguém que me abraçasse e me aceitasse assim como sou.
Passado um ano, a 18 de Setembro de 2007, conheci o meu actual companheiro. Com muitos altos e baixos, momentos menos bons, mas também com momentos fantásticos percorremos já 8 anos de vida juntos e espero muitos mais poder viver com ele sempre aqui fazendo-me feliz.
Parabéns a nós, um brinde ao amor.

Carlos

4 comentários

Comentar post