Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

O meu Carnaval...

02.03.06

 




 




Bem, espero não ter que me alongar, pois teria muita coisa para contar sobre a noite de folia...foi muito fixe mesmo!
Acho que já não pode haver Carnaval em que eu não encarne uma personagem feminina, afinal todos nós temos um pouco de mulher dentro de nós! (Estou a brincar...)
De peruca, camisa de dormir, um robe, uns carapins e uns chinelos de quarto, todo cor-de-rosa lá fui eu ter com o pessoal...atrás de mim o Lulu, o meu peluche!
Entre nós amigos decidimos que tínhamos de ir fantasiados, um como vampiro, outro de enfermeira com a injecção na mão, um batman todo jeitoso, uma princesa linda, lá estávamos nós todos divertidos no café que até então todos chamavam de social, sim, acontece que depois da nossa presença, aquele espaço deixou de ser o mesmo e de social já não tem nada! Também levei mais uns amigos, mas deixaram as máscaras em casa, ou será que as tinham e eu não dei por elas? Heheheheh...
Foi muito porreiro mesmo, tiramos imensas fotografias, em poses bastante sedutoras, ou serão antes intimidadoras? Não sei, não...pois a enfermeira Lolita e Lady Kelly (eu próprio) apesar de bem vestidas estávamos um susto que só visto!
Decidimos depois continuar a festa, enquanto uns foram para casa, os mascarados e um colega que entretanto chegou, fomos para um bar de karaoke, não sei porquê mas fomos durante alguns minutos o centro das atenções, as pernas da Lolita que mais pareciam estacas foram bastante apreciadas, em mim acho que as mulheres me invejaram a camisa de dormir, não sei não o que estariam a pensar!!! Dançamos bastante, também nos divertimos, apesar que o desconforto por ter uma peruca na cabeça me estava a chatear! E mesmo já não estava à vontade com aquela vestimenta toda!
Foi bastante divertido, poderia até ter sido mais, se as coisas fossem melhor combinadas, mas deu para desanuviar um pouco do stress do dia-a-dia!
Acho que encarnei bem a personagem, longe da minha realidade...
Que o diga um colega que em dois dias conheceu duas pessoas bem diferentes, perante a minha figura apenas soube dizer:
"-Não te reconheço, não revejo em ti nem um pouco do que vi ontem!"Pois é...
Ao fim da noite, uns decidiram ir comer, eu pedi boleia a esse meu colega e vim embora!
Retirei a peruca, voltei a ser o mesmo, não tinha deixado de o ser, mas agora sem máscaras!
Voltei a ser o homem que sempre fui, sempre com as emoções à flor da pele, sempre dando voz ao coração...
Mas...




Gaybriel...

25 comentários

Comentar post

Pág. 1/3