Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Não quero estar sem ti...

25.10.07


 


Mais um dia de trabalho que termina, desta vez um dia diferente, afinal não é todos os dias que somos entrevistados para os jornais diários, pena é o motivo, mas…


Pelo caminho, junto ao mar aprecio o belo pôr-do-sol que a natureza nos oferece, como gostaria de o ver a teu lado!? … Ao fundo consigo vislumbrar as ondas a “morrerem” na areia, relembro então o nosso fim-de-semana passado, onde de máquina fotográfica na mão parecíamos autênticos modelos num dos muitos areais de Vila do Conde…pena o frio que se fazia sentir.


Chego em casa….sozinho! Vem ter comigo… Tenho saudades!


Observo o relógio no fogão de sala, desconcertado, parece ter parado no tempo, o mesmo tempo que corre sem parar quando estou contigo, o mesmo tempo que faz com que viva ao máximo cada momento que vivo ao teu lado, o mesmo tempo que parece tão pouco quando se gosta tanto de alguém como eu gosto de ti!


Vem…


Ouve a voz do meu coração e corre até aqui, sabes, hoje preciso daquele abraço, daquele sorriso, hoje preciso de ti, ontem também precisei e sei que precisarei amanhã também…vem, fica aqui do meu lado!


Fecho os olhos e aproximo o meu pensamento do teu sorriso, do teu olhar, eu próprio sorrio…sei que hoje me virás visitar!


Vem então…espero por ti!


Não quero estar sem ti…


 


Gaybriel


 

11 comentários

Comentar post

Pág. 1/2