Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Mendigar...

08.09.16

47759_493139520729639_283431862_n.jpg

 Antes de escrever sobre Mendigar, convém pesquisar no dicionário da língua Portuguesa o significado da palavra e o que encontrei foi o seguinte:

1. pedir esmola
2. pedir, suplicar: mendigar um sorriso

Ora, pedir esmola, sim é uma forma de mendigar, infelizmente cada vez mais uma realidade nos nossos dias devido aos efeitos da crise!
Mas…este meu texto vai prosseguir utilizando o segundo significado, quantas vezes não ficamos parados a mendigar por um pouco mais?!
Devo em primeiro lugar, reconhecer que nem todos somos iguais e que cada um oferece o que quer e pode enquanto ser humano, não podemos obrigar ninguém a moldar-se ao que nós próprios esperamos delas.
No entanto entristece-me perceber que ainda existam pessoas que conseguem usar uma frieza enorme (mascarada ou não!) na forma como tratam os outros, deixando-os a mendigar diariamente por um pouco mais de atenção, de carinho, de afeto.
Ora, quantas vezes mendiguei eu no meu passado? Bem, na altura chegou a roçar a humilhação… Grande lição consegui eu tirar daquele triste episódio que se alongou no tempo! Felizmente num tempo que ficou bem lá trás!
Hoje em dia, apesar de ter aprendido a lição, reconheço que já mendiguei um pouco, até porque é preciso às vezes perceber o que se passa do outro lado da cortina, mas quando nos apercebemos que tal abstenção de afetos faz parte de uma personalidade forte e vincada, o melhor mesmo é recuar e deixar que a vida se encarregue de lhes mostrar que o mundo não gira apenas em volta deles e que muitos dos sorrisos que receberam escondiam uma sede desenfreada de um pouco mais de atenção, carinho, preocupação!
Um dia chamei alguém à atenção, parecia que só ela estava triste, só ela precisava de atenção, a resposta imediata que obtive foi que os amigos não cobram! Pois não… Esqueci-me foi de esclarecer que na amizade realmente não pode haver lugar para a cobrança, a amizade pura e simplesmente retribui-se!
A sociedade caminha num sentido em que apenas o próprio umbigo interessa, mas ainda acredito que valores mais altos se levantam e ainda existam pessoas que sabem receber, mas também dar quando é preciso!

Carlos

 

13 comentários

Comentar post

Pág. 1/2