Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Mais uma noite...

15.04.07



Eu prometi um “poste” sobre o assunto…  


Hum…são precisamente 11 horas da manhã! Dormi tão mal…


Mas valeu bem a pena…que noite!


Depois de um jantar bastante agradável e revelador num qualquer restaurante de Famalicão, eis que nos juntamos a mais duas beldades e fomos dançar ou pelo menos tentar fazê-lo num conhecido bar da zona! O ambiente não era o ideal, ainda assim abri a pista com uma loiraça, outros vieram atrás, mas acabamos por nos voltar a sentar já que o DJ não estava a perceber que todos pediam uma música melhor!


E quando se está mal, o que se faz?


Muda-se…


Saímos daquele ambiente seriam quase duas da manhã e rumamos ao Via 14 na Trofa, bem ali o pessoal era em menor número, mas a música essa era excelente! Pouca gente dançava, mas acabámos por nos juntar a eles numa noite espectacular onde mais uma vez me consegui divertir imenso, sem dúvida acho que me excedi, era verem-me a dançar sozinho quando o meu grupo já todo estava sentado e com as pilhas em baixo! Por mim ficaria ali até de manhã... Até gosto de dançar!


E é da dança que quero falar mais aprofundadamente!


 


Nesta noite dancei nas mais diversas formas, dancei com o corpo ao som da música, dancei com o olhar ao som dos teus movimentos!


Enquanto disfarçava e dava a entender que estava a 100% na pista de dança, os meus olhos vigiavam todos os teus passos, todos os teus olhares, todos os teus gestos… Acho-te incrível!


Diariamente temos o nosso encontro, diariamente tomamos o nosso cafezinho numa qualquer esplanada, mas com isso ainda não percebi bem o que queres de mim… Gostas de mim? Como amigo apenas? De uma forma especial? O que queres de mim?


Os convites para saírem tem partido de parte a parte e o que é certo é que não há forma de os recusar, adoro a tua companhia e sinto que também gostas da minha, aliás já o disseste imensas vezes! Mas onde vamos chegar com isto?


Lembra-te do meu passado, sei que o conheces, eu conheço bem o teu, não vamos fazer sofrer ninguém? Pois não?


Já conversamos sobre isto, não quero voltar a conversar, apenas quero deixar as coisas andar e estão a andar muito bem…


Mas…iremos a bom porto com esta história toda? Quanto tempo mais vamos andar nisto?


Perguntas e mais perguntas…onde estão as respostas?


Tentei olhar-te mais vezes nos olhos, esta noite achei-te algo distante, mas o ambiente também não era o melhor…


Passei a noite abanando o corpo ao som de uma música que todos ouviam, dançando também com o olhar ao som da melodia que apenas o meu coração conhece e sabe ler a pauta!


 


Durante a noite, um amigo que não me deixava em paz, relembrando-me um passado não muito distante, fartou-se de me dar nas orelhas, fartou-se de me dar gozo, entrei na onda…picamo-nos um pouco, mas o melhor nisto tudo é perceber que aos poucos voltei a ganhar aquela confiança que outrora me fizeram perder, és especial, és amigo, aos poucos entendo muito melhor isso!


Mais uma noite em que me diverti bastante...


Mais uma noite adorável entre verdadeiros amigos.


Cheguei em casa, já passavam das quatro da manhã…


Valeu bem a pena



Gaybriel


 

8 comentários

Comentar post