Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Imaginar...



Como um sino,


Despertas em mim


Todos os dias, em cada amanhecer


O teu sorriso, na lembrança,


E a esperança de te vir a ter


 


Como um sino que de hora em hora


Badala o tempo em que vivemos


O mesmo tempo recorda em mim


Tudo aquilo que já não temos


 


Toca o sino ao entardecer


Desço a rua até ao mar


Sempre na ânsia de te ver


Desejando te abraçar


 


O pôr-do-sol no horizonte


Iluminando o teu olhar


O meu coração que te conte


Para sempre eu vou-te amar!


 


Tudo é no imaginar


Que escrevo estas palavras


Mas para sempre eu vou sonhar


Ouvir-te dizer que me amas!


 


 Gaybriel 


(o_olhar_de_gaybriel@hotmail.com)



 

23 comentários

Comentar post

Pág. 1/3