Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Foi notícia… O preconceito!

Vá, esta é a segunda rubrica que inicio aqui no meu espaço, “Foi notícia…” acontece para poder dar a minha opinião acerca do que vai acontecendo no nosso Portugal e no mundo em geral. É que às vezes é complicado conter a indignação!
Então a minha primeira nota de opinião será sobre o preconceito! E isto vem à baila por causa da notícia que recentemente inundou as redes sociais e os sites de notícias online.
Confesso que não me apercebi se isto passou na televisão ou não!

Tudo aconteceu quando a companhia aérea TAP durante o dia de domingo promoveu um passatempo cujo prémio eram 10 viagens a serem atribuídas a casais de namorados, a propósito da celebração do Dia de São Valentim. Sob o nome “Love, Set & Go”, o passatempo desafiava os casais a aparecerem nos aeroportos de Lisboa e do Porto vestidos de noivos e prontos para embarcar. Isto porque as viagens oferecidas eram de partida imediata.
A companhia aérea entretanto foi partilhando no Facebook as fotografias dos vencedores.
Até aqui tudo bem, o espanto chegou quando uma das fotos mostrava um casal de lésbicas como vencedores de um dos prémios aqui no Porto.

tap.jpg

 Logo de imediato começaram a surgir na rede social comentários reprovadores de tal atribuição, comentários homofóbicos, completamente descabidos que não só agrediam verbalmente o casal vencedor como a TAP.

Jamais pensei que em Portugal ainda existisse tanto preconceito, pessoas tão vazias de valores, educação, mentecaptas!
Tenho pena que muita gente ainda não tenha percebido o verdadeiro sentido da palavra amor. Talvez a falta de amor-próprio ou de alguém que lhes mostre como se ama, as faça tão amargas que não conseguem ver os outros felizes. E depois, tudo é motivo para criticar!
A TAP, que podia ter-se remetido ao silêncio, por bem, achou emitir um curto comunicado que talvez eles (os preconceituosos) não tenham percebido tamanha a falta de inteligência que lhes assiste, mas que todos os outros perceberam o que há muito está evidente na constituição portuguesa.
“A TAP cumpre a Constituição e a lei portuguesa e não faz discriminação em função da orientação sexual. Apelamos a todos os que comentam que utilizem linguagem adequada e não ofensiva e que respeitem os restantes utilizadores e as opções individuais de cada um.”

Fogo, cambada de estúpidos.

Carlos

 

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/2