Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Em três tempos...

06.01.10


Em três tempos muda-se tudo...


Acreditem, apetece-me falar um pouco, nunca comentei com ninguém, não tenho uma amiga do peito daquelas que se pega no telefone e se corre a contar novidades... Não sei se sabem mas acredito que sim "O Gaybriel" ja deve ter falado, mas hoje vou ser eu a contar, já que ainda nao desabafei com ninguém.


Em apenas um mês mudei de trabalho e de casa, estou junto com aquele que amo e com aquele que quero partilhar a minha vida...


Em três tempos muda-se tudo...


Nada me custou largar o meu berço e a saia da minha mãe, não olhei para trás.


Agora a vida é outra,nada que eu já não fizesse, mas é tudo muito fácil para mim, desde o passar a ferro e fazer os jantares,etc...


Ainda me sobra tempo para namorar e estar com o meu "Anjo"...


O que mais me custa é no meio da minha organização haver a desarrumaçao do "Gaybriel" à qual ele estava habituado a ter quando estava só, hehehe... até se torna engraçado porque eu discuto por tudo e por nada ,fervo em pouca água, e depois de ferver nao consigo controlar a ebulição que se apodera de mim. 


Tenho noção que posso estar a ser inconveniente mas com o tempo tudo se há-de resolver e habituarmo-nos um ao outro.


Em três tempos muda-se tudo...


O mais engraçado é que chegamos a estar chateados e sisudos um com o outro, parece que acabamos de ir às compras a um hipermercado cuja mascote é o elefante e estamos com a mesma tromba do mesmo...lol


Acabamos por adormecer e nem uma palavra, no dia seguinte o telemóvel desperta é a rotina de um novo dia que começa. 


Pronto o "gaybriel" em três tempos sai de casa e eu quase uma hora depois é que saio, não consigo sair sem beber o meu leite e sem comer as minhas bolachinhas, mas antes ele veio ter comigo "coitado como um cachorrinho remelado" veio-se despedir de mim e eu como um "touro enraivecido" que não esqueceu a noite passada lá lhe dou um beijo que parece que é dado com custo.


Passado 5 minutos apercebo-me que ele já saiu de casa...Oh começo eu a lamentar-me que nao me despedi dele como devia ser, que não falei para ele e fico arrependido!


Em três tempos muda-se tudo...


Corro para o telemóvel e mando mensagem, desejo-lhe um "bom dia", digo que lhe amo e desejo uma boa viagem, da mesma forma que lhe digo várias vezes, cara a cara, frente a frente...


AMO-TE MUITO GAYBRIEL!



Peter Pan

10 comentários

Comentar post