Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Desejo de Natal...

28.11.06


Por estes dias, tem sido hábito desligar o computador, desligar a televisão bem cedo e deitar-me! O tempo também não convida a grandes borgas e o meu apetite para sair de casa é nulo, ainda este fim-de-semana passei-o todo aqui no conforto do meu quarto!

Uma destas noites deitei-me a pensar num desejo meu de Natal, infelizmente é um desejo que na sua totalidade jamais se poderá realizar, mas sem dúvida ficaria muito feliz de o realizar apenas juntando as peças ainda existentes deste grande puzzle que é a minha família! Deitei-me a pensar… em segredo poderia ligar a um irmão que mora longe, falar com ele, falar na hipótese de reunirmos a família toda este Natal…acho que nunca passei um natal com todos os meus irmãos presentes e se passei era ainda bebé! Confesso é um desejo de Natal…

A pensar assim entretanto adormeci!

Disseram-me num comentário a um antigo artigo, que o que pensamos antes de dormir, muitas vezes condiciona os nossos sonhos…verdade ou mentira, sonhei com o meu irmão mais velho, sonhei também com o meu sobrinho!

Gostava imenso de juntar a minha família toda, já que aos poucos todos os irmãos estão a refazer a vida longe de uma Mãe, a minha, que sempre foi o nosso elo de ligação! Olho para mim, vejo-me prestes a dar um passo, a realização de um sonho, a minha independência, mas ao mesmo tempo estou a largar as saias da mãe, a deixar a casa que durante 24 anos me acolheu!

Olho os meus manos, dois deles distantes, são os mais velhos, as mais novas aos poucos criaram um novo ninho, e a minha mãe, o nosso pilar principal, aos poucos vê os filhos todos que ama a criar asas e a voarem…

Queria juntar esta família, a minha, numa única noite, a do Natal, para que eu pudesse sentir, saber o que é ver os meus irmãos todos ao meu lado, ao lado de uma mãe, ao lado dos meus cunhados e sobrinhos! Queria ver a minha família unida…

Unidos nós somos, mas não em presença, pois a vida não nos permite a visita de um dos meus irmãos, cujo trabalho lá longe é inseguro, cujas poupanças limitam-se na criação dos meus sobrinhos!

É o meu desejo de Natal, neste Natal mais do que nunca!

No meu sonho, esse meu irmão visitava-nos, faz dois anos que não o vejo, para uma irmã minha faz já seis anos que não o vê! A alegria era geral… Também sonhei com o meu sobrinho mais velho, talvez por o ter para sempre no coração, de vez em quando visita-me em sonhos, seria concerteza a grande ausência caso realizasse esse meu desejo! Faz dois anos e meio que ele faleceu… O sorriso dele faz-nos falta! Reunindo a família, tenho a certeza que o espírito dele, o do meu pai estaria ali junto a nós, completando assim o quadro de uma família feliz!

Tenho saudades do meu mano…

Queria muito realizar este desejo de Natal….

O Olhar de Gaybriel...

41 comentários

Comentar post

Pág. 1/5