Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Desabafo...


Ontem véspera de feriado, achei que deveria passar a noite de forma diferente do que tem sido os últimos tempos…

Assim aproveitando o facto de um amigo Lisboeta estar cá de passagem e como nunca o tinha visto pessoalmente, resolvi convidar uns amigos meus e fomos todos ao Pride (Bar LGBT- Lésbico, Gay, Bissexual, transsexual, heterossexual existente cá no Porto) onde acabei por me encontrar com ele.

Confesso que foi a primeira vez que entrei no referido bar… já tinha entrado noutros estabelecimentos do género e a curiosidade em relação a este era bem alta!

O espaço em si, é bem agradável, bem maior que outros que frequentei, no entanto não fiquei convencido…

Assisti ao show, deve ser da praxe em todas as discotecas gays que se prezem, gostei bastante…divertimo-nos bastante! Até tivemos direito a um strip masculino, o qual não vou comentar, pois todos os meus amigos com quem me encontrava vão de encontro ao que penso depois do que lá vi!!! Nem todos somos obrigados a gostar…

Dancei, bebi, distrai-me…

Mas por momentos …

Por momentos vi-me sozinho, ali perdido num canto enquanto o resto do pessoal foi buscar bebidas! Olhava em volta e via casais felizes, abraçados, dançando bem agarradinhos! Imaginei-me abraçado a alguém, a dançar…alguém especial!

Estaria a pedir muito? Estaria a imaginar demais?

Não sei…

Mas por vezes por muito bem acompanhados que estejamos, sentimo-nos sozinhos porque falta sempre alguém para o nosso perfeito bem-estar!

Não posso estar sempre a pensar nisto, porque acabo a relembrar momentos do meu passado recente em que me magoei a sério!

Será que algum dia terei o privilégio de poder dançar ao som da melodia do amor? Agarradinho? Confidente? Apaixonado?

Não sei…

Cheguei em casa eram perto das 5 horas da manhã, acabo por achar que apesar de tudo foi positiva a noite! Pelo menos saí de casa…

           

9 comentários

Comentar post