Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Coisas que eu detesto… nº2

03.02.16

No seguimento desta minha rubrica, lembrei-me hoje de partilhar convosco algo que eu realmente odeio e quase de certeza a maioria de vocês também!

Os fins-de-semana, quando o meu gajo está a trabalhar, passo-os sozinho em casa a ver filmes, no facebook ou a dormir. Adoro estes momentos… Também sabe bem ter e usufruir de alguns momentos de solidão!
No entanto quando ele está de folga, por norma não paramos em casa! Feira, centro comercial, café, discoteca, restaurante, tudo é motivo para laurear a pevide. E se eu até me sinto bem em casa, ele já não é assim.
Mas por vezes, quando não sabemos bem o que fazer, saímos de casa sem destino e isso acontece maioria das vezes ao domingo à tarde. É aí que entra o que eu mais odeio, que me irrita profundamente.
Os domingueiros…
Nós chamamos-lhes assim, ou moscas-mortas, que são aqueles que saem de casa com o seu carrinho mas apenas para meter nojo na estrada.
Estão a ver aqueles que vão pela beira-mar a 20 km\h?! Como se fossem a fazer de guias turísticos? Grrrr…já me enervo só de pensar!
Maioria das vezes percursos de 10 minutos demoramos meia hora.
É que depois para além de irem a morrer na estrada, não se arrumam para que possamos ultrapassar em segurança. A sério, devia ser proibido este hábito tuga ao qual a maioria chama de domingueiros mas eu prefiro antes o termo de moscas-mortas.
O engraçado é que quando conseguimos ultrapassar apercebemo-nos que a mulher vai a ressonar no banco do pendura e o maridão vai ali com o braço de fora da janela a fumar a sua cigarrilha, enquanto isso atrás dele segue uma fila enorme de carros como se de um casamento se tratasse!
Alinhava numa petição….
Abaixo os domingueiros.

 

1361706156426.jpg

 

Carlos

11 comentários

Comentar post