Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

Café curto #8

Talvez nos custe admitir, mas a linha que separa a vida da morte é muito ténue. 
Não pensamos muito nisso e continuamos a viver como se tivessemos todo o tempo do mundo para sermos felizes, para cumprirmos os nossos sonhos, para alcançar os nossos objectivos. Mas não temos...
Do que me fui lembrar? Mas é a verdade... Quantos não se deitaram a pensar nos sonhos que ainda queriam cumprir, quando de madrugada um sismo os matou para sempre?
Não somos nada, nada mesmo, mas se nos deram esta oportunidade de viver, sonhar e amar, porque não aproveitarmos ao máximo esta nossa estadia na terra?

Carlos

8 comentários

Comentar post