Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

A última das três lágrimas...

11.05.07


 


 


Esta será a última das três lágrimas a que me dispus escrever aqui nestes últimos tempos! E é a última porquê?

Teimo em levar a vida por objectivos, teimo em seguir os meus dois sonhos com força e fé que algum dia os alcançarei, sei que não são tudo na vida, toda a gente me diz isso, mas eu sinto que quando os tiver realizado me sentirei uma pessoa muito feliz!

Então em breve, realizarei o primeiro desse sonho…

É um misto de sentimentos que neste momento me assolam, por um lado o desânimo de certas situações recentes, certos percalços na minha caminhada, por outro lado uma alegria enorme pelo salto que vou dar! Pensava eu ser capaz de realizar os dois sonhos de uma vez só!? Enganei-me…

Assim, contento-me com um, aquele com que sempre sonhei um dia realizar, ter o meu cantinho, o meu espaço, ter a minha casinha! Finalmente… Estou a dias de o realizar!

Se me sinto preparado? Ninguém se encontra preparado para dar este salto, mas depois de o dar estou em crer que a vontade de voltar atrás será mesmo nenhuma… Estou certo que terei dias de solidão, (detesto estar sozinho), mas também sei que terei sempre onde voltar para buscar miminho e consolo! Estou certo que não será fácil de gerir uma casa, mas sei que à minha volta existem pessoas capazes de me orientar e que o irão fazer sempre que eu precisar! Não me estou a ver a fazer a papinha todos os dias, mas também sei que terei sempre a quem recorrer…hehehehe, não há como a papinha da mamã!

Sem dúvida estou ciente que nem tudo será um mar de rosas…mas acredito que me empenharei ao máximo nesta nova etapa que em dias começará!

Em conversa com alguns amigos, chegamos à conclusão que não ando muito entusiasmado com a ideia, talvez porque dei importância demais a outras coisas, é verdade…

Mas…

As ferias chegaram, com elas também o momento, o salto aproxima-se também! Andarei mais ocupado e a previsão certa já começa a mexer com a minha ansiedade. Que assim seja…

Mas como tudo na vida, para alcançarmos um sonho, por vezes temos de abdicar de certas regalias, fazer contas à vida e ver que afinal não sobram assim tantos tostões para podermos usufruir dos mesmos bens que tínhamos anteriormente.

Por isso mesmo, sinto que é chegado o momento de colocar a palavra fim neste meu diário.

Olho para trás e num ápice relembro um ano e quatro meses da minha vida e tenho a noção que o Gaybriel (Carlos) que escreveu em Dezembro de 2005 não é o mesmo que hoje se despede aqui! O Carlos mudou, o Carlos aprendeu muito, o Carlos cresceu… Talvez não tenha tirado todos os ensinamentos necessários de todas as lições que me deram mas grande parte já cá estão comigo e hoje sinto-me capaz de lidar com a mais diversa situação! O Carlos não é o mesmo…

Sei que não devia dizer isto, mas no fundo é algo que sinto necessidade, “matar” o Gaybriel… Mesmo que um dia volte a este mundo virtual, jamais conseguiria voltar com o mesmo nome! Não consigo explicar porquê…mas é o que eu sinto!

Assim, agradeço a toda a gente que aqui me acompanhou, que me comentou, que me apoiou, que me incentivou, que aprendeu alguma coisa comigo, que me ensinaram algo também! Agradeço a todos vocês pelo carinho, pela força… Obrigado de coração!

O Gaybriel morreu… mas o Carlos continuará por aí! Um dia quem sabe…voltarei!

Com uma lágrima tímida no olhar, estou prestes a colocar aqui a palavra … aquela que todos nós sabemos, mas que por vezes custa dizer…

Meus amigos, foi a melhor experiência de sempre partilhar todas as minhas emoções convosco, sem dúvida escrevi por aqui de alma e coração o mais puro dos sentimentos, jamais me esquecerei desta oportunidade que me deram de mostrar-me como eu realmente sou… Gay….e orgulhoso de o ser!

Até sempre…

FIM 

Carlos…o Gaybriel!

 

 

35 comentários

Comentar post

Pág. 1/4