Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

À janela...


Da janela do meu quarto, olho o tempo lá fora, a chuva cai intensamente, são raros os carros que passam na rua! É domingo, as pessoas estão todas em casa, a descansar, a dormir, a ver televisão, a prepararem-se para uma nova semana de trabalho!

Debruço-me sobre o parapeito da janela e fico ali, cabeça deitada sobre os meus braços cruzados, a apreciar o vento que se faz sentir e a chuva que cai ora abruptamente, ora mais calma! Está mau tempo, anunciaram nas informações as precauções a tomar!

Por mim, poderia ficar assim dias a fio, não me importaria, adoro a chuva e o vento!

Faz tempo que não passo um domingo em casa, estava a precisar, aproveitei e como não me deixaram dormir de manhã, deitei-me um pouco agora da parte de tarde, fez-me bem!

A porta do quarto está fechada, estou aqui sozinho, janela aberta, a chuva lá fora, estou a ouvir Keith Urban, tornei-me fã! Olho os telemóveis, estão no completo silêncio, hoje está tudo na murinhice, ninguém me liga, também não vou ligar a ninguém, vou-me deixar estar aqui no meu cantinho, sozinho, nas minhas calmas, no meu silêncio!

Uma saudade chega de mansinho, não tão intensa como outrora, mas sem dúvida é saudade e faz doer, sorrio, pois sei que um dia o poderei abraçar na amizade! Saudades…

Reflicto no meu fim-de-semana, para muitos banal, para mim rico em emoções! Existem momentos, apenas eu os senti, nem quem estava ao meu lado se apercebeu, palavras que me fizeram relembrar, sorrisos que me fizeram sentir vivo, olhares que me marcaram e fizeram-me acreditar, um dia eu também serei feliz! Muitas emoções…

Como o sorriso de um amigo, pode mudar as cores do nosso dia? Incrível…o cinzento do céu passa a estar pintado pelo mais belo azul, a noite escura passar a ter mais magia!

Assim, me sinto hoje…

A chuva parou, no céu nuvens escuras preparam-se para mais uma descarga, vou debruçar-me novamente no parapeito da janela, vou deixar a música de Keith Urban a entoar aqui no meu quarto e deixar-me estar…

O Olhar de Gaybriel!

21 comentários

Comentar post

Pág. 1/3