Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café em Grão

6 - 2 = 4

charge_patrao_empregado.jpg

A subtração é muito simples e nunca poria em causa os ensinamentos que advém dos nossos antepassados.
E então, o porquê destas contas?
Pois bem…
Com a renovação do exterior da loja, a mudança de gerência (que acontecera em Outubro), era sabido que seis empregados numa loja que funciona com turnos, acaba por ser gente a mais!
Vai daí, pegaram no empregado mais preguiçoso e que mais problemas dava, chegaram a acordo com ele e … já vais tarde! Verdade, mandaram-no embora. Não vou dizer que fiquei contente, também não fiquei triste, apenas estranho. Tantos anos depois de cá ter entrado, levou cartão vermelho, fruto do fraco desempenho, o não saber trabalhar em equipa, o não respeitar os horários e pior…ter colocado um advogado para resolver questões que ele próprio poderia ter resolvido com uma boa conversa com o patronato. Portanto, baseados na extinção do posto de trabalho…arrumaram com ele.
De seguida, ofereceram outro trabalho a um outro colega e este, com ou sem razão, recusou a oferta. A meu ver, ele tem razão, mas com estes novos patrões não é muito bom contrariar.
Sendo assim este poderá muito bem ser o segundo elemento a ir embora...
Trabalhador, assíduo, prestável, são as melhores referências que eu tenho dele, mas não basta para garantir o posto de trabalho dele. Aguardo entretanto que me informem qual será realmente o futuro dele.
Confesso que a equipa que fica, de quatro elementos a contar comigo, é excelente.
Suficiente ou não…a longo prazo não será! Mas por agora vai-se remediando.
Assim vão as novidades por aqui, onde ainda aguardo saber as propostas que terão para mim.
Mas já percebi que com estes não se brinca.

Carlos

5 comentários

Comentar post